terça-feira, 30 de junho de 2009

Auto-estima



Acabo de falar com um amigo de faculdade que é gay e recém consumou uma "parceria doméstica", e pergunto como está se adaptando à vida em família. Ele me conta que adotou uma cachorra "boston terrier". (Não, a resposta não tinha a ver com a pergunta - foi uma evasiva que educadamente deixei passar).

Joguei no Deus Google e veio a imagem acima. Eu disse que parece um hipertireoideo buldogue francês. Ele garante que só parece. Mas é idêntico. Só um pouco mais magro. "Eu que não teria uma cachorro obeso em casa", acrescentou.

Lembrou-me de outra amiga de faculdade dizendo: adotei um cachorro. Pelo menos serei centro do universo de alguém.

Como dizem as Las Bibas, cada uma tem o trono que merece (referindo-se ao fato de Rita Cadilac ser Rainha dos Presidiários)!

(a foto superior é da cachorra dele)

6 comentários:

Daniel disse...

Não parece o Nestor Kirchner de tão vesguinho?

F.A.M disse...

Cachorro pra mim é no zoo ou em qualquer outro lugar... pq gay ou les tem d ter cachorro ou gato como cia??? aff...ser humano é tão complicado assim?

Alexandre Lucas disse...

É o medo danado q esse povo tem da solidão!

Nícholas Vasconcelos disse...

Mas com cachorro? Não dá pra ter um tamagochi?

Klero disse...

gente, que coisa mais fofa!
não vale criticar, eles tem cara de pidões! duvido que vc não faz um carinho qdo vai à casa do amigo!

Alexandre Lucas disse...

Klero,

Só brincadeira ;)