sábado, 12 de julho de 2008

Ensinamento Pesadinho do Dia

Para quem ainda não sabe:
"O mundo não é uma rodinha de poesia."
(Imagem: charge da Folha de São Paulo - reprodução)
Muita gente indignada com as solturas realizadas pelo Supremo Tribunal Federal. Uma delas, por um Ministro do qual sou fã pessoal, Marco Aurélio de Mello, resultou na fuga do Cacciolla(preguiça de verificar a grafia a esta hora) e nos desdobramentos que as pessoas que acompanham notícias estão à par.

Mas nada é perfeito e o mundo não é uma rodinha de poesia. TUDO tem seu preço e há pesos e contrapesos na democracia. Essa do Dantas ter sido solto duas vezes em horas (48), jamais aconteceria na época da Ditatura dos Milicos. Isso mesmo. Naquela época não havia a presunção de inocência até prova em contrário. Muitos ficaram presos, foram torturados, morreram, sob o jugo de juízes, muitas vezes, verdade, acossados por militares. Um filho, mãe, pai, amigo, era preso e não se sabia o porquê nem por quanto tempo. Houve épocas de suspensão do
habeas corpus. Mas isso tem seu preço e muitos culpados se aproveitam. CULPA nossa. Do Congresso que elegemos, que cria leis de processo penal que permitem múltiplas protelações, apelações e chicanas... O STF tem apenas cumprido as leis vigentes... Não as cria!

5 comentários:

Daniel disse...

Oba!
achei outro fã do Marco Aurélio!

Alexandre Lucas disse...

=)
Não somos muitos...

Passageiro disse...

Uma vergonha mesmo, as leis são criadas para defenderem quem tem condições de contratarem bons advogados e q conhecem tais brechas, também fiquei indignado com isso.

Alberto Pereira Jr. disse...

a nossa justiça é realmente morosa e libertina demais no que diz respeito a recursos e proletação de julgamentos, mas em nenhum momento podemos ter saudades da dureza dos militares, onde muitos inocentes pereceram

GUI SILLVA disse...

pior que isso, só o Judiciário do ES! Nojooooooo!