quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Paixão Rejuvenesce


Dizem que a paixão remoça a gente. Ontem estava lendo a Veja da semana e me apaixonei pela entrevistada das páginas amarelas. Minha paixão platônica é pela Fernanda Young. Já a admirava pelo seu trabalho, genialidade demonstrada como no "Os Normais". Mas ler frases dela que me faziam todo sentido foi o êxtase. É reconfortante saber que existem pessoas que pensam como nós lá fora. Às vezes a gente cansa de ser julgado apenas pela primeira impressão. Vamos às principais frases com as quais me identifiquei:

"...não aguento o convívio com pessoas que acreditam em coisas prontas. Eu não suporto gente que entende de vinho. O sujeito fica entendendo de vinho, cheirando a rolha... Eu não tenho paciência."

Eu também ODEIO gente que entende de vinho. Ando cansado de papo pasteurizado. Gente que só quer mostrar seu lado politicamente correto. Felizmente existem as pessoas interessantes e espontâneas, mas cada vez mais vão rareando. Porque o julgamento do bando é sempre impiedoso.

Viva gente como Fernanda Young! E Sartre já dizia: o inferno são os outros!

2 comentários:

Clebs disse...

Eu também gosto da Fernanda Young, acompanho sua carreira. Infelizmente acho que, as vezes, ela viaja muuuuuito nas coisas que fala.

A entrevista da Veja foi uma exceção

Gui Sillva disse...

acho ela muito inteligente!
e humor refinado!

ahhhh. não entendo nada de vinho!
hahahahaha