segunda-feira, 28 de julho de 2008

Porque quase não assisto ao "Saia Justa" ou à GNT

A explicação cabal aqui.

4 comentários:

Daniel disse...

na verdade, eu sempre cresci acreditando que, como o livro é escrito da perspectiva do Bentinho, então não dá para tomar essas indicações de traição tão a sério assim, permanecendo a dubiedade na história.
Para mim, esse é um daqueles livros que é melhor botar na geladeira e esquecer o assunto. O livro não vai criar novos capíltulos e se explicar melhor.

Estefanio disse...

Na mior parte do tempo é legal, mas quando a Maitê abre a boca pra falar q foi educada na suiça, que nao conhece negro rico, que nunca andou de onibus... da vontade de botar no mute!

Alberto Pereira Jr. disse...

Ale.. eu gosto de Saia Justa.. assistia mais nos primeiros anos.. com a formação original e imbatível: Marisa Orth (adorooooo), Fernanda Young, Mônica Wadvogel e Rita Lee.. mas continua sendo uma proposta bem bacana

Alexandre Lucas disse...

Estefânio, tenho mai o que fazer que ouvir quaisquer opiniões da Maitê... KKK!
Alberto, nunca achei que tenha me sido útil ou educativo o programa...