segunda-feira, 30 de junho de 2008

Brazil

Uma querida amiga minha médica do SUS exagerava e generalizava (será?) que "o Brasil é um país de ladrões". Infelizmente, a cada dia em que leio os meus dois jornais diários prediletos, sou obrigado a dá-la razão (às vezes sou romântico e compro diariamente na banca as versões impressas: Folha de São Paulo e Jornal do Brasil).
Hoje pesquisei em lojas brasileiras e americanas online um dois diferentes livros profissionais técnicos. Para meu espanto, mesmo com a queda do dólar (a maior em 9 anos) e com o custo do envio internacional para a longínqua América do Sul das lojas estrangeiras, os livros saíram cada um a cerca de UM TERÇO do preço das lojas nacionais... Algo de muito errado acontece. Como quando a CPMF acabou, fim de tributos, queda do dólar e baixa de custos operacionais NUNCA são repassados ao consumidor final. Apenas seus aumentos. Triste. Comprei do exterior. Fazer o que???

2 comentários:

Too-Tsie disse...

Antes a gente tinha o sentimento de valorizar a coisa nacional e tal, mas hoje em dia qual o argumento?

Fez muito bem, só sei que esse lucro todo está indo pra não sei onde, e a distribuição de renda ficando cada vez mais desigual, belo governo do molusco.

GUI SILLVA disse...

neste país, consumidor sempre se F@#$%öde! Infelizmente.