terça-feira, 1 de abril de 2008

Megga


Gente, apesar de eu ter cansado de esperar o tal estacionamento que estava lotado e desconfiadíssimo de trocar o certo pelo duvidoso, este blog enviou o André (andre - autor aí do lado) para a Megga. Ele teve paciência, entrou, viu tudo e, antes de sair voado para a The Week, onde nos encontramos, ele fez o favor de tirar a foto do que achou mais emblemático na boate:


"Boate gay que se preze pode vender coxinha?"

Fica a pergunta, porque opinião cada um tem a sua =)

5 comentários:

Gui disse...

Coxinha, risole, empadinha...alta gastronomia!

Pq, meu Deus, pq?

Estefanio disse...

Mas era com ou sem catupiry?
Se tivesse um palitinho de dento espetado na ponta era catupiry!

Clebs disse...

Eu olhei rápido e vi m monte de frango assado... tipo televisão de cachorro.

O duro é a bee que come a coxinha e vem todo engordurada abraçando os amigos.... num dá né!?

GUI SILLVA disse...

kkkkkkkkkkkkkkkk.
ahhhh, esses blogueiros são os melhores!

Alberto Pereira Jr. disse...

kkk
confesso q não fui nessa parte do estabelecimento..