terça-feira, 13 de novembro de 2007

Lição!


A Google(link na coluna do lado) faz a lição de casa e se nega a bloquear páginas com conteúdo anti-semita. Calma, este blogueiro não é nem de longe anti-semita, é que aprovo a decisão da Google, que, por filosofia, diz que não restringe acesso a sites, a não ser que haja uma determinação judicial. É o chamado Estado de Direito. Imagine dar a webmasters o poder de julgar quais sites ficam ou não no ar ?!

7 comentários:

[clebs] disse...

Justo...entra quem quer!

Gui disse...

Dificil decisão, mas esses conteudos sao criminosos e o Google tb tem suas responsabilidades.

Thiago de Assumpção disse...

ah....
concordo com o gui...
a Google tem suas responsabilidade com o conteudo...

Alexandre Lucas disse...

Para isso, para decidir o que é adequado e o que é ofensivo, o que deve ser censurado, nos países civilizados existe o Judiciário.
Só não podemos transferir esse poder a webmaster, donos de sites e outros pequenos poderosos :)

bi disse...

Alexandre, o Google virou capacho do governo chinês, como aliás todas as empresas da internet que querem fazer negócios na China. Shame, shame, shame.

Mister Man disse...

UAU!!!
Enfim um libertário.
Parabéns pelo post e pela postura corajosa de assumir que é contra a censura de conteúdos na internet.
Eu sou absolutamente avesso a qualquer tipo de preocnceito. Odeio coisas do tipo "sou negro mas mereço respeito" ou "tnho orgulho de ser gay". Acho uma "viagem" dos movimentos de auto-afirmação. O respeito que merecemos deve-se única e exclusivamente ao fato de sermos humanos. Nenhum outro qualificativo (além desta humanidade) é necessário para justificar o máximo respeito.
Deixem-me que falem mal de judeus ou de palestinos. Deixem que falem mal de negros e gay. Deixemos que gays, negros, judeus e palestinos se defendam com inteligëncia e, principalmente com liberdade.
Eu confesso que gostaria de censurar a burrice e a estipidez, mas não dá para fazer isso sem correr o risco de ver a inteligência e o bom senso sendo controlados e proibidos. Assim, vamos caminhando com liberdade. Não há caminho melhor. No fundo, no fundo penso que a luz da razão há de vencer as trevas da ignorância com a mesma pungência com que a chama de um fósforo é capaz de corromper a escuridão de um teatro (de horrores, se estivermos falando da contemporaneidade).
Viva e deixe viver. Fazer o bem e ser bom. Não conheço receita melhor.
Abraços a todos e parabéns a vocës pelo blog. Eu escrevo diariamente um blog sobre pornografia gay e homoerotismo. Costumo dizer que é porque isto é subversivo. Mas deve ser apenas um desculpa para minhas taras. Querendo ver algo, sugiro as tags "eu e outros poemas" e "miolo de pote". Náo querendo ler, blz. Continuem usando bem vosso tempo e escrevendo este excelente blog.
Abraços,
Mister Man

Alexandre Lucas disse...

Viva a democracia e o Estado de Direito :)