quarta-feira, 24 de março de 2010

Escrever

Um amigo blogueiro recentemente (dentre outros), pediu-me mais textos longos. Pedi desculpas e disse que não controlo, quando sento ao computador, o tamanho do texto. Que às vezes as palavras e idéias se impõe e nos obrigam a escrevê-las e soltá-las no mundo, sem o que não temos paz.

Hoje mesmo já estava na cama, tive um dia difícil. Amanhã acordo cedo. O clima quente me exauri e dá-me a sensação de mal estar geral.

Vários me disseram do inferno astral que acabaria hoje. Não sou particularmente especialista em astrologia. Mas o fato é que após 2 meses de contencioso, chegou-me um microondas que já havia pago e que estava me fazendo falta. Eu que sou preguiçoso e moro sozinho. Mas não sem que a empresa de entregas erroneamente me informasse que a entrega não havia sido possível. Não sem que a tomada (nova invenção dos burocratas brasileiros) fosse incompatível com a minha da parede e me obrigasse a enfrentar a cidade quente, hostil e congestionada 3 vezes para achar o adaptador correto dentre as porcarias plásticas supostamente criadas para aumentar nossa segurança. Certamente acidentes elétricos não são o maior risco para crianças ou adultos neste país.

Para desembalar o dito microondas, cortei a mão. Sangue, chateação. Tudo somado à reação vacinal que sempre tenho, mas da qual não me esquivei.

Sem falar outros problemas domésticos, pessoais e familiares que por variadas razões omitirei, contando com a compreensão dos amigo.

Resta a vontade de neste próximo ano de vida, que nada mais é do que uma divisão simbólica que criamos para domesticar o tempo, de abraçar mais aos amigos e familiares, deixar de dizer menos vezes o quanto os amo e o superlativo significado que têm em minha vida. A tentativa de ser uma pessoa melhor, mesmo com meus tão grandes e variados defeitos, que apenas o amor das pessoas queridas supera.

Dito isto, posso dormir tranqüilo e preparar-me para mais um dia de labuta.

Boa noite a todos vocês =D

6 comentários:

André Mans disse...

isso sim que é inferno astral
gente!

e o microondas tá funcionando né??

bjão!!!

ludo diniz disse...

Quando acordar, o inferno astral terá passado e serão só alegrias.

Serginho Tavares disse...

mas que maravilha
adorei saber um pouco mais do grande Alexandre Lucas

Alexandre Lucas disse...

André,

Está, APESAR da tomada dos gênios petistas. Ainda escreverei sobre isto. Mas o parto foi mesmo a fórcipe.

Ludo,

Melhorando, mas hoje fechei o dia na dentista, onde volto segunda. Quase uma restauração "vira" canal, mas o Chefe não deixou.

Serginho,

O grande é por sua conta. Não há dúvida de que escrever sobre si mesmo é uma das coisas mais difíceis, que nos escaldam os dedos.

jamesp. disse...

Realmente,essa tomada é o fim do mundo.E olha,textos longos de 'sua lavra' são muito bem vindos.Já pensou em fazer resenhas de filmes ou livros que você gostou?Acho que seria um sucesso! :D
Abração.

Alexandre Lucas disse...

James: Curto mais o gênero "conto", até por formações, mas há diversas dessas resenhas no blog. Gosto também muito de parafrasear, mas sempre confesso a fonte e por isto não considero plágio. Releitura, deficiência, talvez.

Agradeço as palavras gentis, especialmente vindas de alguém tão culto nas letras. =)