quinta-feira, 23 de abril de 2009

Nota "00"

"Planeta Terra chamando. Planeta Terra chamando... Esta é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva"... Só que, ao contrário do famoso, saudoso e inesquecível bordão da minha infância, não estamos "falando diretamente do Mundo da Lua", mas, sim, do Rio de Janeiro, "onde tudo pode acontecer"...

E, se pra mau entendedor meia palavra é bosta, e como eu não considero pessoas burras ao escrever, vou usar meias palavras, pois isso basta!

É incrível, mas, quando o avião pousa no Rio, ao olhar a cidade, não me vem à mente as descrições machadianas e nem o som da bossa nova. Ultimamente, conhecedor da Capital carioca, ao pisar no Município "global" (plim plim!), penso em ROBERTO DA MATTA. Nesta última visita, em especial, pensei também em NELSON RODRIGUES, já citado neste blogo repetidas vezes ("consciência social de brasileiro é medo da polícia"). Se o amigo e paciente leitor ainda não entendeu, digo que também cantarolei, na "maravilhosa", a música Acontecência, de CLÁUDIO NUCCI e JUCA FILHO (Acorda amor/Eu tive um pesadelo agora/Sonhei que tinha gente lá fora/Batendo no portão, que aflição/Era a dura, numa muito escura viatura/Minha nossa santa criatura/Chame, chame, chame lá/Chame, chame o ladrão, chame o ladrão), que fez sucesso no final dos anos 80. Explícito?

Sem contar o acidente de táxi... Na Urca, exatamente numa esquina da Rua Roquette Pinto, o motorista, mui malandrão, entrou na contramão e foi atingido! Se eu estivesse do lado do passageiro (lado da batida certeira e quase veloz)... Ai de mim! Tive muita sorte (sorte seria a não ocorrência do acidente, né?) e poucos hematomas.

Por último, a festa dominical no "00" (que de zero a zero nada tem), que tratou o público feito gado (Ê! Ôo) logo na entrada.

Ou o correspondente Estefânio assume o cargo de fato ou precisaremos de alguém que "cubra" o Rio de Janeiro. Pois eu não faço mais inspeção na porta da Colombo (é um assombro!). Fico sem sassaricar... Faço a linha Amy e não vou, não vou, não vou!

PASSADO COM O BRASIL...

10 comentários:

Arsênico disse...

quiridjo... estoy com medo do Rio... todo mundo fala horrores...

hahaha...

***

Diego Silva disse...

Nuca fui ao Rio...e por duas oportunidades [reveillon e carnaval 2009] desisti na última hora e fui para Floripa.
E a cada dia tenho menos vontade de conhecer a cidade maravilhosa.

g.boy disse...

por isso q cada vez mais perco a vontade de visitar o Rio... um absurdo!

=_

Anônimo disse...

Que pena pelo ocorrido! Creio que a falta de segurança pública e no trânsito seja um problema inerente as grandes capitais brasileiras. Entre São Paulo e o Rio, escolhi a última para fazer um curso há alguns anos atrás, mesmo sem conhecê-la a fundo. Foram dois anos e meio de muita diversão e conhecimento junto ao ray of light carioca. Desde então esta cidade só me traz gdes e boas lembranças, sempre que retorno à " Maravilhosa "!
Claro que aprendi a me portar como um carioca da gema, pois esta sim, é uma cidade onde vc conquista seu espaço "no grito"! Os taxistas devem aprender em alguma cartilha como irritar seu passageiro, seja no Rio, em São Paulo(com seus olhos puxadinhos na regiao de Pinheiros e Jardins)e agora em Belo Horizonte. Este é um mal das cidades cosmopolitas!
Quem sabe em uma próxima viagem ao Rio sua estada seja mais divertida e seu retorno com melhores lembranças!!!

ludo diniz disse...

Gostei na verdade da segurança que existe hoje na cidade. Nesse dia no qual fomos tratados feito gado, meu carro ficou estacionado na rua, com o vidro do passageiro TOTALMENTE aberto e nada foi levado. E olha que tinha cash, frente do rádio, camiseta, maquiagem, pentes, óculos, etc.

ANDRÉ MANS disse...

apenas uma extensão do brasil
que é uma extensão, veja só, de nós, brasileiros... AFF CREDO, ESTOU INDO PRA MARTE.

Alexandre Lucas disse...

Ou o Ludo tá de sacanagem ou a colocação bateu só agora. SEGURANÇA???

PAVINATTO disse...

Lu-do,

Não confunda c* com bunda... O que você enfrentou foi uma situação de sorte e não de segurança. Do mesmo jeito que seu carro, por sorte pura, não foi furtado, o de um amigo meu, que estava fechadíssimo, foi arrombado e furtado.

Ou você foi irônico ou o comentário do encarregado deste departamento procede.

Beijo-e-me-bipa!

Anônimo disse...

faça um post chocante...
gongue o cara que apagou de G no meio do trânsito em sp

o vídeo está no blog do carioca virtual

Gui Sillva disse...

apesar de TUDO, saudades do Rio.