segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Falta Educação


Triste viver num país tão desigual. O mapa acima poderia ser de escolaridade, renda, índice de homicídios, etc. Na verdade mostra onde cada candidato predominou no primeiro turno. Certamente merece muita reflexão...

(Fonte: Folha Online)

10 comentários:

Too-Tsie disse...

Um mapa tão previsível né? Será que ainda tem chance?

Tenho pesadelos só de imaginar a "tia" de volta.

Fui fiel no meu candidato no primeiro turno (nenhum dos grandes), mas agora a escolha é óbvia.

Too-Tsie disse...

Um mapa tão previsível né? Será que ainda tem chance?

Tenho pesadelos só de imaginar a "tia" de volta.

Fui fiel no meu candidato no primeiro turno (nenhum dos grandes), mas agora a escolha é óbvia.

Rodrigo disse...

Concordo que poderia ser um indicador de tudo o que foi mencionado, porém diferente do insinuado acredito que os votos das regiões centrais para Kassab é reflexo da predileção por realizações durante seu governo que privilegiaram essas áreas.

Alexandre Lucas disse...

Ou reflexo do bolsa família? A se pensar, como disse...

Gui Sillva disse...

muita gente sem saber o por quê está votando.

Alexandre Lucas disse...

Um tal de "Jessé Soares" deixou o seguinte depoimento:
"HAHAHA muito engraçado esses vi**inhos fúteis da nossa querida cidade!!! quer dizer que para você querido, ser inteligente e ter alto nível de graduação acadêmica é votar no kassab e no pefelê???? nossa quanta inversão de valores!! mas para mim parece ser bem coerente, tirando pelos seus textos é bem plausível que vc pense dessa forma!!! assim como boa parte dos leitores, pq afinal os vereadores lgbt juntos não onseguiriam eleger um vereador sequer!!!

bi**as ridículas! "

Recusei porque não acho válido comentários com palavras chulas. De mais a mais, o que vale é o debate de idéias e democracia implica em respeitar as diferentes opiniões. Se o querido leitor quiser, pode mandar um texto de opinião que eu publico no blog. Mas não acho que o caminho adequado num debate seja tentar desqualificar os interlocutores. Mais importante é argumentar. Coloque suas opiniões, sem ofensas.

Jessé disse...

Em tempo:

se sua inteligência o permitisse refletir sobre mapa supracitado, iria questionar-se da seguinte maneira:
" pq os povos da periferia iriam querer voltar pra uma gestão anterior, se a presente gestão é tão boa para aqueles que mais necessitam?" isso pressupondo que você consiga analisar algo além do seu protuberante umbigo, que haja boas vontades aÊ! mas dada a reflexão postada... muito fácil compreender as conclusões!

Jessé disse...

da mesma forma que você impessoalmente falou do pankake da marta???

ué isso não é ataque pessoal??

e sobre falar que quem vota no PT é burro!!!?!?!?!

se vc permite abrir o espaço aqui pro debate né???

olha a diferença dos outros blogs que são tão ou mais reaça que vc!!!

olha a diferença do tony góes!!

aki é tudo um pco mais chulo!

Alexandre Lucas disse...

Jessé,

Acredite, tenho parentes e amigos petistas e a alusão ao pancake foi uma piada. Pode ser que tenha sido de mau gosto e você esteja certo, mas tenha certeza de que não baseio minhas convicções políticas nisso.

Já disse aqui no blog que votei no Lula no primeiro mandato e me desiludi por razões reais: falta de cumprimento das promessas e manutenção de muitas políticas do PSDB, sem falar no incidente do mensalão. Quando soube que o Genoíno havia assinado aquele empréstimo perdi a confiança no deputado em quem votava e admirava desde os 16 anos.

Mas este blog é de opinião e muitas vezes desabafo. Acharia enfadonho um mundo em que todos concordassem comigo.

Tenha certeza de que vou refletir (sinceramente) nas opiniões que manifestou, e só não publicarei o que não considerar civilizado, como ataques a opção sexual.

Já havia dito isso aqui:
http://rhdoinferno.blogspot.com/2007/11/regras-do-jogo.html

Marcos Freitas disse...

É uma vergonha, nem vou falar nada.

Nossa, como Parelheiros é grande, deveria ser um outro município rs.

Eles deferiam colocar lugares onde o Alckmin ganhou, ai o mapa ficaria ainda mais dividido, talves por classes A, B e C.