terça-feira, 19 de agosto de 2008

Brasil, um país tacanho


Dizer que aprovação de alguns projetos como o de união civil entre pessoas do mesmo sexo não ocorre pq o país não está preparado para isso, que o Brasil é de cultura latina e muito machista... ow, bullshit!!!!! A Argentina também é um país latino, extremamente machista e com casos de preconceito contra a comunidade homossexual.

Mas de lá temos notícias que bem que poderiam inspirar o nosso Legislativo tacanho e preconceituoso - sim, e acho que isso vale principalmente para a conservadora bancada ligada à igreja. Ué... política e religião não deveriam estar separadas?


A Administração Nacional de Segurança Social (ANSeS) argentina assinará na próxima terça-feira, dia 19, uma resolução de alcance nacional que beneficiará a todos os parceiros do mesmo sexo que puderem comprovar uma convivência estável por pelo menos 5 anos.


Dando os nomes aos bois: notícia publicada pelo Mix Brasil na segunda-feira.



5 comentários:

Gustavo Miranda bota.dentro@uol.com.br disse...

ai, sumi eu sei. Mudanças! Elas acontecem. Chegam na nossa vida sem pedir passagem e pronto.
Mudei. Mas, voltei!
Abs

Celso Dossi disse...

Eu acho os argentinos bem mais sussas quanto a isso.
Tipo, são machistas, mas o nível educacional é outro.

Talles Borges e Borges Moreira disse...

Nossa legal.. hehe pelo menos a ARGENTINA um pouco a frente do Brasil, quando será q o Brasil vai assinar tb?
Muito bom o post!

Jarbas disse...

parece que por lá as coisas caminham, para frente, diferente daqui.

Alexandre Lucas disse...

Todos têm acompanhado a história recente da Argentina? Não dá pra pinçar uma lei e dizer que eles são melhores...