sexta-feira, 23 de novembro de 2007

AMERICA: Como consome este povo!!!!

Realmente só estando na Big Apple aqui pra saber como os americanos adoram consumir. Não fazem outra coisa. Não à toa que 75% do PIB vem do gasto dos consumidores. E como são endividados!!!! Bem... pela primeira vez na história algumas lojas decidiram antecipar as promoções de Thanksgiving. Kmart e CompUSA decidiram abrir as portas em pleno feriado. Resultado: muita gente deixou o peru esfriando para se acotovelar na madrugada fria (esse ano nem tão fria assim) e garantir bons preços. Ok: TV 32 polegadas por US$ 499 dólares. Laptop por US$ 350. As emissoras todas anunciaram preços antes mesmo do feriado. Mensagens como: "prepare-se" ou "vale a pena esperar o ano inteiro por isso". A questão não é essa. É que o feriado mal acabou e já estão com listas prontas na caça por barganhas do Natal. Sim, isso mesmo. Quem não conseguiu comprar desta vez já está com tudo preparado para boas cotoveladas e corridas para as "lembrancinhas". Surprise!!!!! Quando eu pensava que era o suficiente eis que ouço que alguns amigos não só guardaram dinheiro para compras natalinas como já miram as liquidações de janeiro. Affff!!!! E eu que me achava consumista de marca maior. Decidi não financiar e resistir à tentação. Confesso que foi bemmmm difícil. Senti-me um peixe fora d'água. Melhor, dentro d'água - nadando contra a maré e sendo apontado como o anormal, o louco que não sabe reconhecer uma boa promoção. Baby!!!! Antes de comprar faça a seguinte pergunta: será que preciso disso. Meu roommate agora está com 3 TVs em casa. Uma 47 polegadas zero bala. E não sabe o que fazer com as outras. Só pra dizer que tem uma maior, mais bonita e moderna que a do amigo ou do vizinho. Parece coisa de criança: "eu tenho... você não tem". Ou coisa de adolescente inseguro: " o meu é maior". Prefiro investir meus dólares e garantir minhas férias. A diferença é que eles movimentam a economia agora. Eu prefiro mover a economia com mais força e de uma vez com belos gastos e nada de dívida no dia seguinte. E tenho dito.

4 comentários:

Alberto Pereira Jr. disse...

junta o desejo do homem por coisas novas, melhores.. mais um sistema econômico que exacerba o valor do consumo... eis a fórmula..

Alexandre Lucas disse...

CARL é um amigo jornalista de verdade e que mora em NYC. Convidei-o a escrever neste blog para dar uma perspectiva brasileira da metrópole do império. Como verão, será sempre um deleite :)

Guilherme.Silva disse...

Estou tenatndo deixar de ser consumista...e até agora tenho conseguido.
Tenho preferido gastar meus reais (uma grande diferença...hahahaha) em férias também. mas está valendo à pena.

Alexandre Lucas disse...

Será que o consumo vai nos deixar felizes no final, ou em qualquer momento no caminho?